Sobre o LEO

Conheça o emblema, objetivos e propósitos.

Programa de LEO Clubes

Em geral, LEO Clube pode ser definido como um clube de serviço e um programa oficial de Lions Clubs International, com o objetivo em oferecer aos jovens de todo o mundo, de 12 a 30 anos, oportunidades de desenvolvimento e contribuição, individual e coletiva, como membros responsáveis da comunidade. Sendo uma parte integral da rede que constitui Lions Clubs International, os LEO Clubes também possuem sua própria rede global de mais de 7.100 clubes em mais de 145 nações (confira os dados de 2019). Este escopo internacional promove uma identidade global singular entre os LEOs e Leões.

 

Os LEOs oferecem aos jovens a oportunidade de se desenvolverem e contribuírem individual e coletivamente como membros responsáveis da comunidade local, nacional e internacional; que advém da participação em projetos de serviços comunitários, funções sociais e atividades voltadas ao desenvolvimento da liderança.

Tipos de LEO Clubes

Os LEO Clubes são classificados, conforme sua estrutura, em dois tipos diferentes: base comunitária e base escolar. 

 

Os clubes com base comunitária oferecem afiliação aos jovens que sejam elegíveis nas áreas onde existam Lions Clubes. Tais clubes se reúnem em locais convenientes para todos na comunidade, sendo que um associado do Lions Clube patrocinador serve como conselheiro do LEO Clube.

 

Os clubes com base na escola recrutam alunos de instituições de ensino. Esses clubes, muitas vezes, requerem uma entrevista com um conselheiro estudantil – normalmente um professor ou administrador escolar – para agir como elemento de ligação entre a escola e o LEO Clube. O conselheiro estudantil também oferece assistência ao conselheiro do LEO Clube que é um associado do Lions Clube patrocinador. A escola deverá concordar em cumprir as responsabilidades inerentes ao Programa LEO Clube, e o LEO Clube deverá concordar em cumprir as normas, exigências sobre seguro e regulamentos da escola. O LEO Clube fica sujeito às mesmas regras estabelecidas pelas autoridades escolares para todas as organizações estudantis e atividades extracurriculares.

 

Além disso, os LEO Clubes são divididos em dois módulos: Alfa e Ômega. Os LEO Clubes Alfa foram criados para jovens entre 12 a 18 anos de idade. Este módulo visa o desenvolvimento individual e social dos adolescentes. Os LEO Clubes Ômega foram criados para jovens adultos entre 18 e 30 anos de idade. Este módulo visa o desenvolvimento pessoal e profissional dos jovens adultos.

Emblema

O emblema do Programa de LEO Clubes compreende duas caras de leões que olham para direções opostas e cujo significado é a visão do trabalho que irá se fazer (dá direita, olhando para o futuro) ou que já foi feito pelo clube em sua comunidade (da esquerda, olhando para o passado).

 

O leão foi escolhido para ser o símbolo de Lions Clubes e, consequentemente, foi definido também para LEO Clubes. É um animal que representa força, coragem, garra e velocidade – pressupostos daqueles que se tornam associados e qualidades para se orgulhar, do passado que o motivou ingressar no movimento e os anseios em mostrar-se pronto para os desafios do futuro – eis o significado de um leão virado para frente (futuro) e para trás (passado).

 

Ao longo do tempo, entre as cores do LEO Clube, foram escolhidas pelo primeiro LEO Clube do mundo (em homenagem as cores de sua escola) o bordô e dourado, e desta forma, adotadas pelo restante dos clubes que surgiram, por conseguinte, na forma de seus estandartes, pins, sinos, entre outros artigos.

 

Em 2009, Lions Clubs International, no intuito de modernizar, resolveu reformular a logomarca do LEO Clube ao diferenciá-la conforme as especificidades das faixas etárias de seus associados. A exemplo de outros clubes de serviço, os LEO Clubes foram classificados em dois tipos: Alfa e Ômega. Aqueles denominados Alfa seriam compostos por associados entre 12 e 18 anos de idade e teriam a logomarca com o fundo vermelho. Os demais clubes seriam compostos por associados entre 18 e 30 anos de idade e o fundo da logomarca seria azul. Atualmente, Lions Clubs International disponibiliza a logomarca de LEO Clubes nas cores preto e platina, para que possam ser utilizadas em materiais de divulgação como cores de uso comum.

Além do logo como já conhecemos hoje, existiram vários outros logos que representavam o movimento LEOístico. Os logos abaixo representam a identificação desde a década de 1960.

Lema
 

O significado da sigla LEO, inicialmente, traduzia-se em Leadership, Equality e Opportunity (Liderança, Igualdade e Oportunidade), pois os LEO Clubes eram formados apenas por jovens do sexo masculino. Com a entrada das mulheres, o lema passou a ser Leadership, Experience e Opportunity (Liderança, Experiência e Oportunidade).

 

Este acrônimo foi designado para compreender que os jovens devem possuir a Liderança para desenvolver habilidades como organizadores de projetos, gerenciadores de tempo e líderes de equipe; a Experiência para entender como o trabalho em equipe, a cooperação e a colaboração podem produzir mudanças estimulantes em sua comunidade e no mundo; e por fim, a Oportunidade de fazer amigos e sentir as recompensas do serviço comunitário. Em outras palavras, usualmente falamos que o LEO Clube é a maior Oportunidade que possuímos para obter Experiência para a vida e desenvolver o nosso espírito de Liderança.

Propósitos

São os objetivos do Programa de LEO Clubes:

  • Proporcionar aos Lions Clubes uma atividade pela qual poderão atender às necessidades da juventude da sua área; e
  • Oferecer aos jovens do mundo uma oportunidade de desenvolvimento e contribuição, individual e coletiva, como membros responsáveis da comunidade local, nacional e internacional; e
  • Promover atividades de serviço entre os jovens da comunidade que desenvolverão as qualidades individuais de Liderança, Experiência e Oportunidade, e unir os associados pelos laços de amizade, companheirismo e compreensão mútua.

Download

Para fazer download deste conteúdo ou de qualquer outro do site, acesse nossa página de arquivos: clique aqui!

Como tudo começou…

Tudo começou com Jim Graver, treinador do time de baseball da Abington High School, em Glenside na Pensilvânia, Estados Unidos. Jim Graver, juntamente com William Ernst, ambos associados do Lions Clube de Glenside, falavam em iniciar um clube de serviço para estudantes do ginásio. Eles, então, pediram apoio dos demais associados, e sem hesitar, o Lions Clube de Glenside concordou que um grupo de jovens seria uma boa ideia para propagar os ideais propostos por Melvin Jones.
 
Juntos, 9 meninos do segundo ano, calouros e veteranos, se juntaram ao grupo de 26 jogadores de baseball, onde pelo qual formaram o primeiro LEO Clube no mundo. Em 5 de dezembro de 1957, foi oficialmente concedida uma carta constitutiva ao LEO Clube da Abington High School. Como o primeiro LEO Clube do mundo, o grupo criou o acrônimo LEO – Liderança, Igualdade e Oportunidade – Leadership, Equality, Opportunity. Mais tarde, o lema Igualdade foi alterado para Experiência. As cores vermelho escuro e dourado foram escolhidas como as cores do LEO Clube, mantendo o padrão de cores da escola.

 

Os associados do LEO Clube da Abington High School representavam uma ideia isolada até 1963. Naquele ano, um LEO Clube foi formado na Tamaqua Area High School, na Pensilvânia. Logo em seguida, um ex-companheiro Leão da Filadélfia formou um LEO Clube em Nova Iorque.

 

Associados do LEO Clube da Abington High School. Disponibilizado por European & Mediterranean Leo Clubs.

 

Associados do LEO Clube Abington High School. Disponibilizado por European & Mediterranean Leo Clubs.

 

Publicação com o nome da primeira diretoria. Disponibilizado por Lions Clubs International.

E no Brasil?

Logo após ser reconhecido como um programa oficial de Lions Clubs International, o LEO Clube chegou ao Brasil, mais precisamente em 28 de agosto de 1969, com a fundação do LEO Clube Maceió – Lagoa, em Alagoas.

 

Com o apoio e incentivo do Colégio Sagrada Família, o Lions Clube Maceió – Lagoa reuniu um grupo de estudantes para divulgar a filosofia de servir, levando os alunos a compreenderem e compartilharem dos problemas comunitários. Com o passar dos anos, os companheiros do Lions Clube Maceió – Lagoa compreenderam que ali estava a semente de preparação de futuros Leões em qualificação. E assim, levaram à diretoria do Lions a proposta de fundação de um clube de jovens. Amadurecida a ideia, foi designada uma comissão e em 28 de agosto de 1969 foi empossada a diretoria do primeiro LEO Clube do Brasil. Sua carta constitutiva foi expedida no dia 25 de setembro de 1969. O associado do Lions de Maceió que mais batalhou para que isso fosse possível foi o CL Paulo José Loureiro Santos Lima, que é hoje considerado o patrono do LEOísmo no Brasil. Naquele mesmo ano surgiu o LEO Clube de Arapiraca, no dia 10 de novembro de 1969. A partir daí, surgiram o LEO Clube de Jaguari no dia 05 de maio de 1970, LEO Clube de Teresina “Jubileu Ouro” no dia 13 de janeiro de 1971 e LEO Clube de Maranguape no dia 27 de janeiro de 1971, e assim, sucessivamente.

 

Na medida em que o número mínimo de seis LEO Clubes em cada Distrito Leonístico fosse atingido, os Distritos LEO eram constituídos. O primeiro Distrito LEO fundado foi o LA-3, antigo L-15, no Ceará, em 4 de fevereiro de 1972. O movimento LEO no Brasil conta, hoje, com cerca de 13 mil associados, espalhados em mais de 410 clubes. Estes jovens atuam nos quatro distritos múltiplos LEO LA, LB, LC e LD.

Associados do LEO Clube da Arapiraca, segundo LEO Clube fundado no Brasil.

 

Associados do LEO Clube da Arapiraca,

segundo LEO Clube fundado no Brasil.

Associados do LEO Clube Dom Pedrito, décimo LEO Clube fundado no Brasil.

 

Associados do LEO Clube Dom Pedrito,

décimo LEO Clube fundado no Brasil.